Iniciantes, Intermediários, Avançados: Descubra seu Nível nos Treinos de Musculação


No mundo da musculação, é comum classificar os praticantes de acordo com seu nível de experiência: iniciantes, intermediários e avançados

Nesse artigo, vou discutir essa ideia de classificação e como você pode identificar em qual categoria se encontra. 

Acredite, muitas pessoas que treinam há décadas ainda são consideradas iniciantes. Mas o que realmente define o seu nível não é apenas o tempo de treino, mas sim a qualidade desse tempo.

Conhecendo as Classificações

De acordo com o Colégio Americano de Medicina Esportiva, se você treina musculação por menos de seis meses, é considerado um iniciante. 

Se treina entre seis meses e um ano, já é considerado intermediário. E se treina há mais de um ano, é considerado avançado. 

No entanto, essa classificação vai além do tempo de treino e envolve a qualidade do seu treinamento.

A Importância da Técnica

Para mim, a técnica é um fator fundamental na classificação do nível de um praticante. Se você treina sem sentir o músculo que está trabalhando ou não tem consciência da forma correta de executar os movimentos, você ainda é um iniciante. 

Um avançado domina completamente a técnica, focando sua atenção no músculo alvo e mantendo as articulações envolvidas no movimento corretas.

Aprendendo a Executar os Exercícios

Quando você realiza um exercício, é importante ter claro em sua mente qual músculo você está trabalhando e quais articulações estão envolvidas. 

Por exemplo, ao fazer uma rosca direta, seu foco deve estar no bíceps e a única articulação em movimento deve ser o cotovelo. 

Evite movimentar ombros, escápulas ou outras partes do corpo. Dominar esses conceitos básicos é essencial para se tornar um praticante avançado.

Consciência e Foco no Treinamento

Além da técnica, a mentalidade durante o treinamento também é um fator determinante. Um avançado não utiliza o tempo na academia para socializar ou se distrair com o celular. 

Durante o treino, é importante manter o foco total no que está sendo feito. É o momento de se concentrar apenas no treinamento, sem conversas paralelas ou distrações.

Refletindo sobre seu Nível

Após refletir sobre esses aspectos, você pode avaliar em qual nível se encontra. Ser um praticante avançado requer comprometimento, dedicação e um profundo conhecimento da técnica e do próprio corpo. 

Lembre-se que a maioria das pessoas na academia não chega a esse nível de consciência e técnica. Portanto, se você seguir essas orientações, estará à frente da maioria.

A classificação de praticantes de musculação em iniciantes, intermediários e avançados vai além do tempo de treino. 

A qualidade do treinamento, a técnica correta e a mentalidade durante as sessões são aspectos fundamentais para determinar o nível de um praticante. 

Se você se comprometer com esses princípios, estará no caminho certo para se tornar um avançado. Lembre-se sempre de manter o foco, a consciência e a dedicação durante o treinamento.

Postagem Anterior Próxima Postagem